2006-09-06

Layla (Eric Clapton)



Uma das músicas inseridas na colectânea THE ALL TIME GREATEST ROCK SONGS.
Numa versão diferente da que está no cd (versão MTV Unplugged), pois não resisti a este vídeo com dois grandes monstros da guitarra: Eric Clapton e Mark Knopfler.

2006-08-31

As minhas preferências

Em jeito de brincadeira, costumo afirmar que a música, para mim, tem que ter no mínimo, os sons de guitarra, baixo e bateria. Não sou muito adepto das novas tendências da música, em que um computador "faz" a música.
Provavelmente, é por isto que gosto de rock. Não que desgoste dos outros tipos musicais.
Em 1998, adquiri um compact disc que dá pelo nome de "The All Time Greatest Rock Songs". É uma compilação com 36 músicas que vão desde os Doors, Janis Joplin e Bob Dylan, passando por outros nomes, abrangendo um vasto leque de estilos.
Também adquiri o segundo volume desta colectânea mas, infelizmente, «quem empresta, nunca melhora» e o CD desapareceu.
Os próximos posts serão dedicados ao rock e à compilação "The All Time Greatest Rock Songs". Colocarei os vídeos e, se possível, algumas notas sobre as músicas.

2006-08-13

Sympathy For The Devil (Rolling Stones)

Em jeito de homenagem aos Rolling Stones que ontem actuaram em Portugal, no Estádio do Dragão (Porto).

Com mais quarenta anos de carreira, ainda estão aí para as curvas.

2006-08-08

Love Will Tear Us Apart (Joy Division)


Hoje acordei tão melancólico que esta música não me sai da cabeça.

2006-08-02

O primeiro vinil

«Delicate Sound Of Thunder» dos Pink Floyd. Confesso que sempre achei uma certa piada às capas dos seus discos e esta não foi excepção. A imagem vale mais do que mil palavras. Mas foi com este disco que passei a gostar e a interessar-me pelos Pink Floyd. Uma vez disseram-me que eles causam sentimentos completamente opostos: ou se gosta ou se detesta, não havendo meio termo. Sinceramente, não sei se há ou não. Uma coisa é certa, são para mim uma das melhores bandas rock de sempre. Hei-de cá voltar...

Shine On You Crazy Diamond (Pink Floyd)





In the beginning

Parece que foi ontem e, no entanto, já se passaram 18 anos. Estávamos no início daquele fatídico verão de 1988. As aulas tinham terminado há pouco tempo e as férias repartiam-se entre o nada fazer e o fazer nada. Mentira; nessa altura já ajudava o meu pai. Afinal já tinha 15, a caminho dos 16 anos... Mas, tempo livre era o que não faltava até porque, ao contrário do que agora acontece, o tempo passava mais devagar.

Por esta altura, que não precisar ao certo, alguém disse que existia uma rádio pirata ali perto das nossas casas. Inclusivé, o irmão mais velho de um amigo meu era radialista. Lá fomos nós, o grupo da altura, falar com os responsáveis pela rádio, a saudosa Emissora Voz Sul, que emitia para Almeirim e Ribatejo nos 105.0Mhz do FM a partir dos seus estúdios localizados na Rua Condessa da Junqueira, bem perto do Depósito de Água. Depois dos testes vocais, lá fomos admitidos. Começámos como assistentes técnicos, o pomposo nome que se dava aos que iam à discoteca da rádio procurar algum LP ou single que o apresentador se tinha esquecido para a sua emissão.

Fomos fazendo progressos, alguns chegaram a ter a voz difundida pelo emissor. Felizmente, fui um desses!

Aprendi muito. Entrei para lá com uma cultura musical e saí de lá com outra.

Mas, como tudo na vida, o que é bom acaba depressa! A publicação da Lei n.º 87/88, de 30 de Julho, determinava que as denominadas rádios “piratas” cessassem as suas funções até ao dia 24 de Dezembro de 1988, por forma a puderem participar no concurso de atribuição de alvarás de emissão.

Terminava, assim, um episódio que me marcou bastante para o resto da vida. Há coisas que nos viciam: o tabaco, o álcool, as drogas, o trabalho. A rádio e a música também são um vício, um bicho que fica hibernado por longos períodos de tempo e que, de vez em quando, desperta.

Por isso resolvi alimentar o bicho através deste blogue; a comida ser fornecida consoante o seu apetite…